As obras

Iniciadas no final de 1995, as obras de recuperação do Mosteiro prolongam-se até à actualidade.
Por um lado porque a riqueza do espólio e dos vestígios descobertos obrigou a campanhas suplementares, por outro porque a complexidade técnica dos problemas de drenagem e conservação das ruínas obrigaram ao estudo de três cenários alternativos: mantê-lo aberto a seco, inundar de novo a área ou enterrar os vestígios ora descobertos.
A solução escolhida foi a primeira, implicando maior demora e investimento.

Apesar dos trabalhos de drenagem e isolamento, a área do convento foi parcialmente inundada no Inverno de 2000/2001 num período de cheia do Mondego.

 Março de 2001

Actualização em Outubro de 2004

Visitas suspensas: ver actualização Dezembro de 2004.

Já é possível realizar uma visita guiadas condicionada ao Mosteiro em obras. De acordo coma a informação disponível no local, o horário é o seguinte:

 Horas de entrada no estaleiro
Segundasem visitas
Terça a Sexta  16h17h18h19h
Sábados, Domingos e Feriados14h15h16h17h18h 

O preço da entrada é de 3€ e as entradas efectuam-se à hora certa. Os contactos para marcação prévia e informações são:

Telefone: (+351) 239801160
Fax: (+351) 239801169
Telemóvel: (+351) 969833230
mosteiroscvelha@simplesnet.pt

Actualização em Dezembro de 2004

O horário de visitas regulares foi suspenso. Actualmente, todas as visitas terão de ser marcadas e estão condicionadas à disponibilidade do IPPAR e da Câmara Municipal de Coimbra. Para mais informações, use os contactos acima indicados.

Esta alteração decorre do recomeço das obras que incluirão o arranjo do espaço envolvente e a construção de um Centro de Investigação e Interpretação.

 

©2001 João Gomes Mota
Início (Home)O mosteiroAs fotografias