Home, InicioJoão Gomes Motacontacto   Praktica
INVESTIGAÇÃOFOTOGRAFIAWEB DESIGNDESCOBERTAS
EnglishEnglish
 
cada imagem tem um link para uma ampliação

Como substituir uma pilha Varta V21 PX
 

As pilhas Varta 21PX de 4.5V equipam algumas máquinas PRAKTICA e há muito que foram retiradas do mercado pois incluíam metais pesados tal como o chumbo e o mercúrio na sua constituição.

Adenda em 2003: A empresa inglesa Small Battery Company vende uma pilha equivalente à Varta V21 PX.

Adenda em 2004: A empresa alemã ABCD & Electronics vende uma pilha equivalente à Varta V21 PX.

 

Todavia, usando três pilhas LR44, fáceis de encontrar na generalidade dos mercados da Europa Ocidental, é possível substituir a pilha V21PX, dando nova vida aos fotómetros da Praktica.

É necessário o seguinte material:

  1. Um quadrado de cartão rijo (eu usei cartolina com 260g/m2) com 4.5cm de lado.
  2. Três pilhas LR44 de 1.5V.
  3. Um parafuso de rosca completa e cabeça plana com cerca de 3 cm de comprimento e respectiva porca (eu usei um parafuso com 5mm de diâmetro).
  4. Uma mola com cerca de 2cm. O diâmetro da mola deve ser superior ao do parafuso e inferior ao diâmetro exterior da porca.
  5. Fita cola.

Para criar o invólucro da "pilha", enrola-se o cartão em torno das três pilhas LR44, formando um cilindro. O cilindro deve ser apertado com fita cola.

Idealmente, as pilhas deverão ficar presas num dos extremos. Uma maneira fácil de o fazer é apertar ligeiramente mais um dos extremos do cilindro e inserir as pilhas no outro extremo.

A inserção das pilhas faz-se com o pólo negativo (-) para fora, pondo as três pilhas em série. Enrosca-se a porca no parafuso e insere-se a mola no extremo do parafuso.

A posição da porca deve ser ajustada de acordo com o comprimento da mola, de modo a que o conjunto com a mola em repouso tenha um comprimento superior a 6 cm e com a mola comprimida deve ter um comprimento de 5 cm, que era o comprimento da pilha original.

Para inserir as pilhas no cilindro pode-se usar o parafuso ou um lápis, empurrando-as até ao outro extremo, até que o pólo negativo (-) da primeira pilha saia ligeiramente do cilindro para assegurar uma boa ligação ao contacto da máquina.

A seguir insere-se o conjunto mola-parafuso, que assegurará a ligação do pólo positivo (+) ao outro contacto da máquina.

©2002 João Gomes Mota
Home, InicioFOTOGRAFIAPRAKTICA
Escrito em Setembro 2002. Última alteração: Agosto 2004.inicio da página